Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Governo aprova medidas de contingência para cenário de Brexit sem acordo

Anúncio foi feito por Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros.
Correio da Manhã 12 de Setembro de 2019 às 12:32
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros
O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira medidas de contingência adicionais para o caso de o Reino Unido sair da União Europeia sem acordo, estendendo o atual plano até ao final de 2020 em relação aos serviços financeiros e segurança social.

As medidas constam de um decreto-lei que foi explicado aos jornalistas pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, no final do Conselho de Ministros desta quinta-feira.

"O decreto-lei aprova novas medidas, medidas adicionais, no sentido de termos o nosso plano de contingência completamente operacional, sendo que essas medidas correspondem também ao alinhamento do nosso plano nacional de contingência com o plano de contingência gizado pelos 27 estados membros ao nível da União Europeia", afirmou Santos Silva.

Segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, a lógica deste diploma "é muito simples", ou seja, "estender até 31 dezembro de 2020 a situação presente no que diz respeito aos operadores financeiros, de um lado, e no que diz respeito aos trabalhadores no que importa aos descontos e aos benefícios para a Segurança Social, por outro lado".
Brexit governo medidas contingência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)