Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

“Governo divide o País”

Vasco Lourenço, pres. da Associação 25 de Abril, sobre os 40 anos da primeira reunião do Movimento dos Capitães
15 de Setembro de 2013 às 01:00

Correio da Manhã – Aos olhos de um militar de Abril, como está o País 40 anos depois da primeira reunião dos Capitães?

Vasco Lourenço – Desperdiçaram-se as oportunidades que o 25 de Abril nos deu e estamos numa situação calamitosa. Estamos governados por indivíduos sem qualquer ética e moral, vendidos ao estrangeiro.

– E o que considera ser preciso para inverter essa situação?

– É preciso recuperar os valores de Abril: liberdade, democracia, paz, solidariedade e justiça social, que é uma coisa que desapareceu por completo. Estou curioso para ver qual a resposta da população agora nas eleições autárquicas.

– Acha que vai punir o Governo?

– No tempo de Salazar dizia-se que era preciso dividir para governar. Este Governo engana e divide os portugueses. Coloca-
-os uns contra os outros. Público contra privado, novos contra velhos, empregados contra desempregados. São aldrabões contumazes. Estou curioso.

– A Associação 25 de Abril está ligada a um movimento contra a privatização das águas. Em que consiste?

– É uma iniciativa para reforçar essa ideia. É um bem essencial, faz parte da soberania de qualquer povo e parece que já pouco falta para perdermos também essa soberania.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)