Governo fez "muitas cedências" para chegar a acordo com trabalhadores ferroviários

Secretário de Estado das Infraestruturas lamentou a posição dos sindicatos em avançar para greve.
Por Lusa|31.10.18

O secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d'Oliveira Martins, lamentou esta terça-feira a posição dos sindicatos representativos dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) em avançar para greve, referindo que o Governo "fez muitas cedências".

"Só posso lamentar a situação de rotura a que os sindicatos nos conduziram e que vai ter reflexo na greve, que vai prejudicar os cidadãos e a circulação dos passageiros que utilizam o meio ferroviário", disse em declarações à agência Lusa.

Os sindicatos representativos dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) decidiram manter a greve marcada para hoje, após uma reunião com o Governo, em que não foi possível "chegar a acordo", segundo o coordenador da Fectrans.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!