Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Governo lança campanha para incentivar consumo de produtos locais

Setor agroalimentar "não pode parar", apesar da pandemia de coronavírus.
Lusa 30 de Março de 2020 às 17:40
Maria do Céu Albuquerque
Maria do Céu Albuquerque FOTO: Tiago Petinga/Lusa
O Ministério da Agricultura lançou hoje a campanha "Alimente quem o alimenta", com o objetivo de incentivar o consumo de produtos locais e o recurso a mercados de proximidade, perante o impacto da pandemia covid-19.

"Todos os consumidores estão convocados para este desafio. Um desafio que passa pela aposta nos nossos produtos, seguros e de qualidade, e pelo essencial apoio aos nossos agricultores e produtores", apontou, em comunicado, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque. 

A governante lembrou que o setor agroalimentar "não pode parar", apesar da pandemia, assegurando alimentos, "em qualidade e quantidade". 

Assim, esta campanha funciona "como um apelo, mas também como um agradecimento" aos profissionais do setor. 

No entanto, Maria do Céu Albuquerque apelou ao "consumo consciente e responsável". 

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 727 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 35 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 142.300 são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 140 mortes, mais 21 do que na véspera (+17,6%), e 6.408 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 446 em relação a domingo (+7,5%).

Dos infetados, 571 estão internados, 164 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Ver comentários