Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Governo pede empréstimo para indemnizações dos Estaleiros

Conselho de Ministros aprova medidas necessárias para avançar com despedimentos nos Estaleiros de Viana.
5 de Dezembro de 2013 às 16:48
Marques Guedes, ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares
Marques Guedes, ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares FOTO: MARIO CRUZ / LUSA

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o recurso ao financiamento bancário para avançar com o pagamento das indemnizações aos trabalhadores que terminam o vínculo laboral com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

Marques Guedes, ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, explicou que serão tomadas as medidas necessárias para dar cumprimento às medidas implementadas, assegurando o financiamento bancário concedido à Empordef – empresa que detém o capital dos ENVC – até ao montante máximo de 31 milhões de euros.

O Conselho de Ministros aprovou ainda a despesa para a realização do programa de preparação  para os Jogos Olímpicos do Rio 2016, no valor de 16 milhões de euros. O encargo financeiro será satisfeito por verbas do orçamento do Instituto Português do Desporto e Juventude.

Foi também definido o lote de ações destinados à Oferta Pública de Venda reservada aos trabalhadores no âmbito do processo de alienação de capital dos seguros da Caixa Geral de Depósitos.

O ministro foi confrontado pelos jornalistas com os pedidos de demissão realizados pela oposição e centrais sindicais contra Nuno Crato. Marques Guedes desvalorizou e lembrou o acordo alcançado entre o ministro, a União Geral de Trabalhadores (UGT) e a Federação Nacional da Educação (FNE).

parlamento governo dinheiro indemnizações Estaleiros de Viana conselho de ministros
Ver comentários