Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Governo pretende encerrar consulados portugueses

O Governo pretende encerrar 17 consulados portugueses entre os quais o único existente na Holanda no âmbito de um projecto de reestruturação consular, que vai ser lançado no início do próximo ano devendo estar finalizado até final de Junho.
14 de Dezembro de 2006 às 17:37
Segundo o projecto deverão ser extintos os consulados portugueses em Sevilha, Bilbao e Vigo (Espanha), Toulouse, Lille, Orléans, Tours, Versailles e Nogent (França), Roterdão (Holanda), Milão (Itália), Nova Iorque, Nova Bedford e Providence (Estados Unidos), Hamilton (Bermudas), Santos (Brasil) e Durban (África do Sul). O Executivo prevê ainda a transformação de seis consulados em vice-consulados e um em escritório consular
Os vice-consulados, que deverão ser criados no próximo ano em Frankfurt (Alemanha), Nantes e Clermont-Ferrand (França), Belém, Recife e Porto Alegre (Brasil), são dirigidos por funcionários consulares, deixando os postos de ser chefiados por cônsules. O consulado de Portugal em Curitiba (Brasil) deverá ser transformado em escritório consular.
O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, apresentou o plano ao Sindicato dos Trabalhadores Consulares e Missões Diplomáticas, à Associação Sindical dos Diplomatas Portugueses e ao Conselho das Comunidades Portuguesas, que deverão emitir uma opinião até Janeiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)