Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Governo tem "interesse sazonal" na segurança

O CDS-PP acusou esta quarta-feira o Governo de ter um "interesse sazonal" em matéria de segurança, num debate parlamentar pedido pelos democratas-cristãos para discutir "a situação de insegurança no país".
8 de Julho de 2009 às 18:49
Nuno Magalhães
Nuno Magalhães FOTO: Pedro Catarino

Nuno Magalhães fez um diagnóstico do estado da segurança do país concluindo que há falta de polícias, impunidade dos reincidentes, ligeireza do regime de saídas precárias, obstáculos à realização de julgamentos rápidos e 'aumento de agressões a polícias que significam uma perda progressiva de autoridade do Estado'.

Vasco Fernando, deputado do PS, saiu em defesa do Governo, acusando o CDS-PP de 'mistificar' a sua posição quanto às alterações ao regime de prisão preventiva no código de processo penal, e recusou que as falte motivação às forças de segurança.

Nuno Magalhães rejeitou as acusações do deputado socialista e acusou o Governo socialista de 'hipocrisia, incompetência e mentira'. 'Mentiroso é prometer um investimento na lei de programação e forças de segurança de 60 milhões e depois não dizer que por dificuldades várias só se executa 36 milhões de euros', disse o deputado.

Ver comentários