Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Guedes espera um dia ser ouvido

Seis meses após ter sido constituído arguido no processo de investigação ao empreendimento turístico ‘Herdade da Vargem Fresca’, em Benevente (conhecido como ‘Caso Portucale’), por suspeita de tráfico de influências, o ex-ministro do Ambiente, Luís Nobre Guedes, ainda não foi ouvido.
19 de Novembro de 2005 às 00:00
O ex-ministro Luís Nobre Guedes está há seis meses à espera de ser ouvido
O ex-ministro Luís Nobre Guedes está há seis meses à espera de ser ouvido FOTO: Manuel Moreira
O ex-dirigente do CDS-PP recusou-se a falar sobre o processo, porque está em segredo de Justiça. No entanto, desabafou ao CM: “Há-de chegar o dia em que vou ser ouvido...”. Instada a esclarecer o assunto, a Procuradoria-Geral da República (PGR) apenas disse que “o processo está em investigação, portanto , em segredo de Justiça”.
O ‘caso Portucale’ tornou-se público em Maio. Em causa, está a assinatura dos ex-ministros do CDS, Nobre Guedes e Telmo Correia, e Costa Neves, do PSD, de um despacho em vésperas das legislativas a autorizar a construção do referido empreendimento turístico. Na ocasião levantaram-se suspeitas sobre o financiamento ilegal do CDS e o responsável financeiro, Abel Pinheiro, foi constituído arguido sob suspeita de tráfico de influências. Abel Pinheiro saiu em liberdade sob caução.
A revelação pública do processo, conduzido pelo procurador Rosário Teixeira, originou um novo processo, por parte do Ministério Público, sobre violação do segredo de Justiça. Ora a violação do segredo de Justiça atingiu, segundo José Ribeiro e Castro, líder do CDS-PP, “o bom-nome do partido”. Como o caso já tem seis meses e não se antevê o seu término, Ribeiro e Castro foi ontem falar com o PGR, Souto Moura. No final do encontro, Ribeiro e Castro afirmou que o CDS-PP comunicou ao PGR a intenção de ser constituído como assistente no processo de violação do segredo de Justiça.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)