Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Homenagem a Vasco Gonçalves no Alto de São João

Cerca de 100 pessoas, muitas delas com cravos vermelhos nas mãos, estiveram este sábado no cemitério do Alto de São João, em Lisboa, para lembrar e homenagear o general Vasco Gonçalves no sexto aniversário da sua morte.
11 de Junho de 2011 às 16:05
Vasco Gonçalves morreu em 2005, aos 83 anos
Vasco Gonçalves morreu em 2005, aos 83 anos FOTO: Jorge Paula

A homenagem ao general Vasco Gonçalves foi promovida pela Associação  Conquistas da Revolução.         

"O general Vasco Gonçalves foi um homem com um papel preponderante na  revolução de 25 de Abril. Hoje, estamos a lembrar o sexto aniversário da sua morte", disse o comandante Manuel Begonha, um dos integrantes da comissão promotora da associação.         

O comandante Begonha acredita que os valores transmitidos pelo general  Vasco Gonçalves devem estar presentes, principalmente "face ao momento em que vivemos, em que há o apagamento e a tentativa de esquecer a memória e esquecer o passado." 

"Não se deve esquecer os conceitos de liberdade, os conceitos de igualdade para todos, os conceitos de solidariedade", sublinhou o comandante.         
Na sequência do 25 de Abril, o general Vasco Gonçalves foi primeiro-ministro de sucessivos governos provisórios (II a V).          

Considerado como pertencente ao grupo dos militares próximos do Partido Comunista Português (PCP), perdeu toda a sua influência depois dos acontecimentos do 25 de Novembro de 1975.         

Como primeiro-ministro, foi o mentor da reforma agrária, das nacionalizações dos principais meios de produção privados (bancos, seguros, transportes públicos, siderurgia), do salário mínimo para os funcionários públicos, do subsídio de férias (13º mês) e subsídio de Natal.         

vasco gonçalves alto de são joão homenagem pcp 25 de abril
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)