Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Iniciativa Liberal diz que Presidente não tem intenção de alterar decreto do estado do emergência

João Cotrim Figueiredo criticou "país adormecido", onde parece não haver urgência.
Lusa 23 de Fevereiro de 2021 às 16:05
João Cotrim de Figueiredo
João Cotrim de Figueiredo FOTO: Lusa
O deputado único da Iniciativa Liberal afirmou esta terça-feira que o Presidente da República não tem intenção de alterar "seja o que for" no decreto do estado de emergência, criticando "um país adormecido" e onde parece não haver urgência.

"O que concluí da conversa com o senhor Presidente da República é que não há intenção do senhor Presidente de alterar seja o que for no decreto presidencial de declaração do estado de emergência. Isso leva a que a posição da Iniciativa Liberal vá continuar a ser votar contra", revelou aos jornalistas João Cotrim Figueiredo no final da reunião, por videoconferência, com Marcelo Rebelo de Sousa.

Os liberais são habitualmente contra o estado de emergência e este tipo de decretos, mas o presidente do partido mostrou-se preocupado já "quando se não muda nada num decreto parece que não há novidades".

"Parece que o país adormeceu, parece que não há urgência. Não se pode gerir uma pandemia deste tipo só a pensar no aspeto sanitário. Vai-nos custar muito caro durante muito tempo e acho que o Governo tem obrigação de rapidamente inverter esta tendência", avisou.

A ideia com que João Cotrim Figueiredo ficou desta reunião com o chefe de Estado foi a mesma do encontro com os especialistas de segunda-feira.

"O facto do senhor Presidente da República também não sentir que haja nem dados no Infarmed nem, contrariamente ao que é habitual, `feedback´ por parte do Governo para introduzir coisas novas ou retirar coisas do decreto dá-nos a entender que anda tudo aqui um bocadinho a tentar adormecer a situação porque já tomaram a decisão política de só desconfinar no final do março", lamentou, considerando que esta posição irresponsável.

Ver comentários