João Galamba alvo de troça ao assumir pasta da Energia

Luís Goes Pinheiro foi apanhado nas escutas dos Vistos Gold.
Por Salomé Pinto|17.10.18
Os novos secretários de Estado tomam hoje posse, alguns dos quais já envoltos em polémica. Há estreantes, repetentes e dois novos governantes apanhados em escutas de processos judicias.

O mais contestado é, até agora, o deputado do PS João Galamba, que assume a secretaria de Estado da Energia, substituindo Seguro Sanches, e que tem sido alvo de troça nas redes sociais, sobretudo pelo PSD. David Justino, um dos vice-presidentes de Rui Rio, desabafou mesmo: "Está tudo doido... Valha-nos a Santa". Salvador Malheiro, outro ‘vice’ do PSD, foi mais longe: "Saberá o novo secretário de Estado da Energia a diferença entre um kW, um kWh, um Joule (J) e um cavalo vapor (cv)? E conhecerá a 1ª Lei da Termodinâmica? Ou o que é a Termodinâmica? Não creio. A nomeação é uma vergonha!".

Não menos polémica é a escolha de Luís Goes Pinheiro para secretário de Estado da Modernização Administrativa. Em 2016, o jurista e então chefe de gabinete do secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros foi apanhado nas escutas dos Vistos Gold a falar com António Figueiredo para obter cargos na administração pública. Certo é que não foi constituído arguido. Uma situação por que também passou Galamba, apanhado nas escutas da Operação Marquês a trocar SMS com José Sócrates.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!