Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Jorge Miranda candidato a Provedor de Justiça

O líder parlamentar, Alberto Martins, anunciou esta terça-feira que o PS vai apresentar o nome do constitucionalista Jorge Mirando como candidato ao cargo de Provedor de Justiça.
21 de Abril de 2009 às 18:30
Jorge Miranda
Jorge Miranda FOTO: Pedro Catarino

Alberto Martins lembrou que, de acordo com a Constituição e o Regimento da Assembleia da República, o Provedor de Justiça tem que ser eleito por dois terços dos votos dos deputados. Caso o nome de Jorge Miranda não reúna essa maioria, haverá uma segunda volta entre os dois candidatos mais votados.

'Os deputados do grupo parlamentar do PS, em termos regimentais, deliberaram apresentar como candidato ao lugar de Provedor de Justiça o professor Jorge Miranda', disse o líder parlamentar do PS.

Alberto Martins considerou que Jorge Miranda é 'um homem que ajudou a fundar a democracia, um dos pais da democracia constitucional portuguesa', e que ao aceitar ir a votos 'presta um serviço à República e revela uma confiança no Parlamento'.

As candidaturas ao cargo de Provedor de Justiça tem que ser apresentadas até sexta-feira e a eleição realiza-se a 15 de Maio, por voto secreto.

PSD AINDA NÃO TOMOU DECISÃO

O líder parlamentar do PSD, Paulo Rangel, afirmou que o seu partido ainda não decidiu se vai apresentar um candidato próprio ou se apoia o constitucionalista Jorge Miranda.

'Ainda não há decisão. O PSD está em avaliação sobre o que vai fazer', disse o líder parlamentar.

CDS-PP INSISTE NA MEDIAÇÃO DE JAIME GAMA

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, voltou a insistir na mediação do presidente da Assembleia da República na escolha do novo Provedor de Justiça e escusou-se a revelar se o seu partido vai apresentar um candidato próprio.

'O CDS foi muito claro há várias semanas sobre como é que o problema se podia e devia resolver de forma ordenada e institucional', disse Paulo Portas, recusando revelar se vai apresentar um outro nome para o largo de Nascimento Rodrigues.

BE APRESENTA CANDIDATO

O BE vai apresentar quarta ou quinta-feira um candidato próprio ao cargo de Provedor de Justiça. Luís Fazenda explicou que o seu partido vai apresentar um nome para suceder a Nascimento Rodrigues, devido à falta de consenso entre os partidos com assento parlamentar.

PCP APRESENTA CANDIDATO

O PCP já anunciou que também irá apresentar um candidato próprio. Os comunistas não reveleram qual será o nome escolhido.

Ver comentários