José Manuel Coelho pede asilo ao Principado da Pontinha

Deputado do PTP condenado a um ano de prisão efetiva.
06.02.17
José Manuel Coelho já é cidadão do Principado da Pontinha
José Manuel Coelho, o deputado madeirense do PTP condenado a um ano de prisão efetiva pelo Tribunal da Relação de Lisboa, pediu asilo ao autoproclamado Principado da Pontinha para evitar a pena. Trata-se de um ilhéu localizado a 70 metros da cidade do Funchal, na ilha da Madeira, que tem no autodenominado príncipe D. Renato Barros I a sua figura máxima.

Em março do ano passado, o deputado madeirense tinha sido absolvido do crime de difamação pelo qual estava acusado devido a declarações proferidas em 2011 contra o advogado e antigo dirigente do PCTP/MRPP Garcia Pereira, processo no qual o antigo político pediu um euro de indemnização.

Coelho pede asilo político ao principado da Pontinha
José Manuel Coelho tinha classificado o advogado Garcia Pereira de ser um "agente da CIA" e de "fazer processos aos democratas da Madeira" a pedido de Alberto João Jardim, ex-presidente do Governo Regional. As declarações do deputado madeirense foram publicadas pelo Diário de Notícias da Madeira, a 01 de abril de 2011, no âmbito da campanha eleitoral para a Presidência da República, na qual José Manuel Coelho se apresentou como candidato. 

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou agora que as acusações feitas pelo deputado madeirense se mostravam "completamente desajustadas e desenquadradas do tema político a que supostamente visavam responder, apresentando-se como mera vindicta política, mas também pessoal".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De maria.goncalves.75286106.02.17
    Está tudo doido.
1 Comentário
  • De maria.goncalves.75286106.02.17
    Está tudo doido.
    Responder
     
     0
    !