Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Juncker pede a Portugal para fazer "trabalho de casa"

O líder do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, disse esta quinta-feira que Portugal deve continuar a fazer o trabalho de casa, horas antes de se reunir com o líder do PSD, Passos Coelho, em Bruxelas.
24 de Março de 2011 às 13:55
Jean-Claude Juncker negou que as finanças públicas de Espanha estejam numa situação comparável às de Portugal
Jean-Claude Juncker negou que as finanças públicas de Espanha estejam numa situação comparável às de Portugal FOTO: EPA

"É claro que Portugal precisa de continuar a fazer o trabalho de casa",  disse o também primeiro-ministro do Luxemburgo, em declarações aos  jornalistas em Bruxelas.   

O líder europeu afirmou ainda que vai falar com o presidente dos sociais-democratas sobre a situação de Portugal.

O primeiro-ministro, José Sócrates, apresentou na quarta-feira a demissão ao Presidente da República por considerar que ficou sem condições para governar, depois de o Parlamento ter aprovado resoluções de rejeição de toda a Oposição da actualização do PEC proposto pelo Governo.  

O pedido de demissão fez regressar o fantasma do recurso ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira, em que participa o Fundo Monetário Internacional (FMI).  

Já numa entrevista ao canal France24, também citado pela ‘Bloomberg’, Jean-Claude Juncker negou que as finanças públicas de Espanha estejam numa situação comparável às de Portugal.  

Quanto à Grécia, que pediu ajuda externa Abril de 2010, Juncker disse que as privatizações não serão suficientes para resolver os problemas do país, considerando que este precisa de reformas estruturais.  

juncker passos coelho psd bruxelas sócrates governo crise
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)