Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

JUVENTUDE POPULAR INSISTE CONTRA O ABORTO

A Juventude Popular (JP) revelou esta sexta-feira as suas propostas para a revisão ordinária da Constituição, pedindo que o aborto seja declarado inconstitucional e que o nome do País mude para República de Portugal.
17 de Outubro de 2003 às 18:24
JUVENTUDE POPULAR INSISTE CONTRA O ABORTO
JUVENTUDE POPULAR INSISTE CONTRA O ABORTO
A JP quer que a defesa da vida seja constitucionalmente garantida a partir da concepção, uma emenda que anularia a lei que autoriza a interrupção clínica da gravidez em casos excepcionais. Além desta medida, a Juventude Popular quer que sejam retiradas da Constituição expressões como “marxismo”, “colonialismo” e “imperialismo”, emendas já publicamente defendidas pelo presidente do Partido Popular, Paulo Portas. Alvo das emendas propostas pela JP é também a expressão “sociedade socialista”, que consta do preâmbulo da Constituição.
A JP propõe ainda que o nome do País seja alterado de República Portuguesa para República de Portugal, considerando que o nome em vigor é jacobina.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)