Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Licenciatura polémica demite comandante da Proteção Civil

Comandante Operacional Nacional, Rui Esteves, viu Governo mandar averiguar curso.
Miguel Curado 15 de Setembro de 2017 às 01:30
Rui Esteves demitiu-se de comandante nacional da Proteção Civil. Estava no cargo desde janeiro deste ano
Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
Rui Esteves demitiu-se de comandante nacional da Proteção Civil. Estava no cargo desde janeiro deste ano
Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
Rui Esteves demitiu-se de comandante nacional da Proteção Civil. Estava no cargo desde janeiro deste ano
Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O Comandante Operacional da Proteção Civil, Rui Esteves
O comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Rui Esteves, apresentou ontem a demissão do cargo que ocupava desde janeiro deste ano. Para o seu lugar, o Governo nomeou interinamente o segundo comandante, tenente-coronel da GNR Albino Tavares.

A demissão surge no mesmo dia em que o ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor, pediu à Inspeção-Geral de Educação e Ciência a abertura de um inquérito à licenciatura de Rui Esteves, reforçando a solicitação feita pelo presidente do Instituto Politécnico de Castelo Branco. No limite, e segundo o CM apurou, a investigação pode conduzir à anulação da licenciatura. Recorde-se que Rui Esteves está também sob processo disciplinar do Ministério da Administração Interna pela acumulação de funções na Proteção Civil e no Aeródromo de Castelo Branco.

A polémica com a licenciatura do agora ex-comandante nacional foi lançada pela RTP e pelo ‘Público’, que avançaram que Rui Esteves terminou a licenciatura na Escola Agrária do IPCB com 32 equivalências em 36 disciplinas, concedidas com base na experiência profissional. O responsável não esteve disponível para reagir ao CM.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)