Líder de comissão tramou ex-deputado

Suspeita de conflito de interesses de Pedro Saraiva dá acusação por difamação.
Por Cristina Rita|04.10.16
Líder de comissão tramou ex-deputado
Pedro Saraiva, ex-deputado do PSD, apresentou queixa contra terceiros Foto João Relvas / Lusa
A atual presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, e o ex-marido Luís Filipe Borrego foram acusados pelo Ministério Público de difamação agravada e de denúncia caluniosa contra Pedro Saraiva, ex-deputado do PSD e antecessor de Abrunhosa na CCDRC. Em causa estão penas máximas de 2 a 3 anos.

Os factos remontam a 2013 e a fevereiro de 2014, quando Saraiva era líder da CCDRC e tanto o Governo como altos funcionários do Estado receberam emails anónimos a acusar Pedro Saraiva de ter empresas de consultadoria para obter fundos da instituição a que presidia.

O caso obrigou Saraiva a enfrentar um inquérito na Justiça, arquivado por falta de provas. O ex-parlamentar, que redigiu o relatório da Comissão de Inquérito ao caso BES, fez queixa e a Polícia Judiciária concluiu que alguns emails enviados em 2013 foram criados na própria CCDRC. Em 2014, uma das caixas de correio usadas para o envio dos emails suspeitos estava associada à morada do então casal. Nesse ano foi feito um concurso para liderar a CCDRC. A arguida conseguiu o cargo e o Ministério Público concluiu que o casal montou uma estratégia para afastar Saraiva.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!