Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Líder do CDS define campanha

“Um partido pelo direito à vida e de combate à liberalização do aborto” foi assim que Ribeiro e Castro, líder do CDS-PP, definiu o partido, quanto ao referendo sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG).
22 de Outubro de 2006 às 00:00
O líder do CDS-PP iniciou ontem a campanha para o referendo na “dupla qualidade” de líder do partido e de cidadão. “Vamos acertar a nossa actuação com os movimentos que têm (na campanha para o referendo) um papel principal”, afirmou.
No entanto, questionado pelos jornalistas, à entrada para uma reunião com a Federação Portuguesa pela Vida, Ribeiro e Castro não esclareceu se irá mobilizar a máquina partidária para a campanha contra a despenalização do aborto, afirmando apenas que espera que “os militantes (do CDS-PP) actuem como mais um movimento”.
A proposta para a realização do referendo sobre a IVG contou com a abstenção do CDS-PP.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)