Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Louçã acusa Sócrates de ser factor de instabilidade

O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, acusou ontem o primeiro-ministro de ser "factor de instabilidade" no País ao discutir com o PSD um Orçamento do Estado para 2011 "que aumenta os impostos e reduz o emprego".
6 de Setembro de 2010 às 00:30
Francisco Louçã visitou a Reserva Natural do Estuário do Tejo
Francisco Louçã visitou a Reserva Natural do Estuário do Tejo FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

"O primeiro-ministro tem sido um factor de instabilidade e esta discussão entre o PS e o PSD para fazerem um Orçamento que aumente os impostos e reduza o emprego é a instabilidade do País", afirmou Francisco Louçã à margem de uma visita à Reserva Natural do Estuário do Tejo, na zona de Alhandra, Vila Franca de Xira.

O líder do Bloco de Esquerda reagia, assim, ao discurso de José Sócrates, em Matosinhos. As palavras de Louçã denunciam que o partido não estará disposto a negociar com o PS a viabilização do Orçamento para 2011.

Ver comentários