Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Louçã insiste na renegociação

Francisco Louçã afirmou ontem que, se contassem as opiniões dos que defendem "a sensatez" da renegociação da dívida, o BE já tinha "maioria absoluta", condenando Sócrates por não respeitar "a inteligência dos portugueses".
3 de Junho de 2011 às 00:30
Francisco Louçã, líder do BE
Francisco Louçã, líder do BE FOTO: Hugo Delgado / Lusa

Defendendo que "renegociar a dívida é proteger as pessoas do calote", insistiu que "quem impõe um calote é quem assina um contrato de dívida sabendo que não a quer pagar".

BE DÍVIDA PORTUGAL LOUÇÃ ELEIÇÕES LEGISLATIVAS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)