Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Rangel a vice-presidente e Moedas no Conselho Nacional: Montenegro já anunciou lista para órgãos nacionais do PSD

Presidente do PSD fez o anúncio durante o congresso do partido.
Lusa 2 de Julho de 2022 às 18:36
Luís Montenegro
Luís Montenegro FOTO: Lusa
O líder do PSD, Luís Montenegro, anunciou este sábado que o eurodeputado Paulo Rangel será o seu primeiro vice-presidente e que o ex-candidato Miguel Pinto Luz ocupará outra vice-presidência.

Os restantes 'vices' serão a ex-líder da JSD Margarida Balseiro Lopes, o antigo secretário de Estado António Leitão Amaro, o líder da distrital de Braga Paulo Cunha e a militante e advogada Inês Ramalho.

Para secretário-geral, o novo presidente confirmou que irá propor à votação dos delegados no domingo o nome do antigo líder parlamentar Hugo Soares.

Como vogais da Comissão Política Nacional (CPN), o novo presidente vai propor o ex-líder da distrital de Leiria Rui Rocha, o presidente da Câmara de Vagos Silvério Regalado, a presidente da Câmara de Portalegre Fermelinda Carvalho, o vice-presidente da Câmara de Albufeira Cristiano Cabrita, a antiga Inês Domingos, o presidente da Câmara de Pinhel Rui Ventura, a deputada Germana Rocha, o ex-líder da concelhia de Lisboa Rodrigo Gonçalves, o ex-líder da distrital de Coimbra Maurício Marques e o presidente da distrital de Setúbal Paulo Ribeiro.

O presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, vai liderar a lista da nova direção ao Conselho Nacional do PSD, que integra ainda a ex-ministra Maria Luís Albuquerque, anunciou este sábado o presidente eleito, Luís Montenegro.

Para o primeiro lugar da lista ao Conselho Nacional do PSD, Montenegro escolheu Carlos Moedas, seguindo-se a antiga ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque.

Desta lista fazem ainda parte os antigos deputados Teresa Morais e Luís Menezes, e os presidentes das câmaras municipais do Funchal, Pedro Calado, e de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral.

O antigo deputado José Matos Correia foi a escolha do novo presidente do PSD para liderar a lista ao Conselho de Jurisdição, enquanto o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, foi indicado para a Mesa do Congresso.

Luis Montenegro anunciou as suas escolhas para as listas aos órgãos nacionais ao 40.º Congresso Nacional, no Porto, pelas 18h30.

Para liderar a lista ao Conselho de Jurisdição Nacional, Montenegro propôs o antigo deputado e vice-presidente do PSD José Matos Correia, seguido de Francisco José Martins.

Já para a Mesa do Congresso, a escolha de Montenegro recaiu sobre Miguel Albuquerque, e para vice-presidentes o líder do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, e o presidente da Câmara de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves.

Para secretários da mesa a lista de Montenegro propõe Júlia Fernandes, Fernando Queiroga, Hernâni Dias e Sónia Ferreira.

Para a Comissão Nacional de Auditoria Financeira a escolha da nova direção recaiu sobre José Nunes Liberato, ex-secretário-geral e chefe da Casa Civil do ex-Presidente Cavaco Silva, acompanhado por Almiro Moreira e Fernando Angleu.

Luís Montenegro
Ver comentários
}