Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Madeira admite que não abdica dos seus direitos

Governo Regional quer manter relações cordiais com a República.
28 de Fevereiro de 2016 às 15:53
O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque
O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque FOTO: Manuel de Almeida/Lusa
O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, disse este domingo que a região, apesar de apostar no bom relacionamento com o Governo e as instituições da República, não abdica dos seus direitos constitucionais e estatutários.

Miguel Albuquerque manifestou esta garantia no encerramento da XXV Exposição da Anona, realizada na freguesia nortenha do Faial, no concelho de Santana, ao falar das matérias ainda pendentes com o Governo da República em sede de discussão especializada do Orçamento do Estado.

Entre estes direitos, o presidente do executivo regional reivindicou o cumprimento da Lei de Finanças Regionais, designadamente no que toca às verbas do Fundo de Coesão Nacional que o Governo Regional diz estar em falta 17,5 milhões de euros.

Miguel Albuquerque revelou estar "confiante no futuro da região" ao sublinhar haver "sintomas evidentes de recuperação económica", lembrando que a Madeira tem as suas contas do Sistema Regional de Saúde "saldadas relativamente ao continente", mas que este tem para com a região 12 milhões de euros em dívida.

No que toca à anona, cujo plano estratégico visa aumentar as atuais 70 toneladas de expedição para 200 toneladas em 2020, Miguel Albuquerque transmitiu aos agricultores que o Governo Regional está "a organizar o setor para a exportação" e apostado em conceder apoio técnico à produção e à prevenção de pragas.

Pela manhã, o presidente do Governo Regional visitou as obras de reabilitação urbanística da freguesia da Quinta Grande, no concelho de Câmara de Lobos, no valor de 290 mil euros.
presidente do Governo Regional da Madeira Miguel Albuquerque Governo política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)