Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8
Ao minuto Atualizado às 19:16 | 17/01

Urnas começam a fechar em dia de voto antecipado. Eleitores que chegaram à fila antes das 19h ainda votam

Hacker Rui Pinto já votou e decidiu partilhar o seu boletim nas redes sociais. Lisboa é o concelho com mais inscritos para as eleições.
Lusa 17 de Janeiro de 2021 às 07:31
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Mesas de voto
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Mesas de voto
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Voto Antecipado
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Mesas de voto
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais
Portugueses exercem direito de voto antecipado para as eleições presidenciais

Os portugueses começam a votar este domingo, uma semana antes das presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para o qual se inscreveram 246 880 eleitores, um número recorde.

Lisboa é o concelho com mais inscritos, 33.364, seguido do Porto, com 13.280, e Coimbra, com 9.201, de acordo com o mapa publicado pelo Ministério da Administração Interna, em que se informa quais os locais de voto em cada um dos concelhos.

Os concelhos com menos inscritos são Porto Moniz, na Madeira, com oito inscritos, seguindo-se Nordeste, São Miguel, nos Açores, com nove, e Barrancos, distrito de Beja, com 14.

Ao minuto Atualizado a 17 de jan de 2021 | 19:16
19:07 | 17/01
Urnas para o voto antecipado encerram agora. Quem tenha chegado à fila antes das 19h00 pode ainda votar este domingo.
18:20 | 17/01
"Não estamos a reduzir direitos eleitorais, estamos a alargá-los", garante o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que esteve cerca de duas horas na fila para exercer o voto antecipado este domingo.
13:35 | 17/01
Apesar de os termómetros andarem pelos zero graus, cerca de 20 pessoas chegaram este domingo antes da abertura das urnas ao local destinado para o voto antecipado em Braga e esperaram largos minutos ao relento para votarem para as Presidenciais.

A ideia era, sobretudo, fugir aos aglomerados no dia previsto para as eleições, 24 de janeiro, porque a pandemia está cada vez mais preocupante e, por isso, todo o cuidado é pouco.

Além disso, os eleitores consideram desnecessário esperar pela segunda semana de campanha para decidirem o seu voto, até porque não é propriamente a cor do batom que interessa aos portugueses.

13:24 | 17/01
Lusa
A votação antecipada em mobilidade para as eleições presidenciais está a decorrer desde as 08h00 deste domingo com normalidade, sem incidentes e com boa afluência, disse à Lusa João Tiago Machado, da Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Segundo as "informações recebidas do Ministério da Administração Interna (MAI)", acrescentou João Tiago Machado, "não há qualquer tipo de incidentes, há uma boa afluência" e as assembleias de voto nas 308 sedes do concelho abriram todas sem problemas.

13:09 | 17/01
A candidata presidencial Ana Gomes elogiou o "extraordinário trabalho" do poder local no voto antecipado e agradeceu o apoio do alegado pirata informático Rui Pinto, que já divulgou publicamente o seu boletim com o voto na diplomata.

Questionada pelos jornalistas no final de uma visita aos Bombeiros Voluntários de Odivelas sobre o voto antecipado em mobilidade, que hoje decorre em todo o país, Ana Gomes começou por elogiar os autarcas.

"Acho que é significativo que cerca de 245 mil cidadãos se tenham inscrito e destaco o extraordinário trabalho do poder local para assegurar as condições de desdobramento das mesas que facilitam que, hoje e daqui a uma semana, os cidadãos se sintam em segurança para ir votar", disse.

13:03 | 17/01
Em vários pontos do país há longas filas e grande dificuldade em manter o distanciamento físico para votar. Os eleitores consideram que o aglomerado de pessoas "é vergonhoso" e que deveria de "haver mais pontos de votos, para não juntar tanta gente no mesmo local". 

Saiba mais aqui
11:26 | 17/01
O hacker Rui Pinto votou este domingo antecipadamente para as presidenciais e mostrou nas redes sociais a preferência pela candidata Ana Gomes. 

11:07 | 17/01
Catarina Martins, coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), já votou em Vila Nova de Gaia. "Ainda temos um longo caminho para fazer para que o sistema chegue a todos os portugueses no mundo", afirmou Catarina Martins.

A coordenadora do BE apelou ao voto dizendo que o país deve cuidar da saúde seguindo as indicações dadas pela DGS mas também cuidar da democracia indo votar.
10:04 | 17/01
Mais de dez mil pessoas em confinamento devido à covid-19 já se inscreveram para o voto antecipado nas eleições presidenciais do próximo domingo, informou este domingo o Ministério da Administração Interna (MAI).

O prazo para as inscrições termina hoje ao fim do dia e até às 24h00 de sábado a administração eleitoral tinha recebido 10.334 pedidos, segundo informação do MAI.

Os eleitores em confinamento obrigatório determinado pelas autoridades de saúde devido à covid-19 têm mais um dia, hoje, para manifestar a sua intenção de votar antecipadamente. Os idosos a viver em lares também o poder fazer.

10:01 | 17/01

Deputado Cotrim de Figueiredo já votou e apela ao voto

O presidente da IL e deputado único do partido no parlamento, João Cotrim de Figueiredo, votou este domingo de manhã antecipadamente para as presidenciais, mas criticou que ainda não haja outras modalidades de voto, como, por exemplo, o eletrónico.

As urnas abriram às 08h00, mas João Cotrim de Figueiredo já estava na Cidade Universitária, em Lisboa, pelas 07h45, para exercer o direito de voto antecipado em mobilidade.

"Levanto-me, normalmente, muito cedo, portanto, isto para mim não é novidade e como gostava de, no domingo que vem, estar com o Tiago [Mayan Gonçalves] no Porto o dia todo, resolvi votar antecipadamente", disse aos jornalistas o deputado.

Em conversa com os jornalistas, disse que por não ter sido o primeiro a votar na secção 14 já não pôde "fazer a gracinha de que nesta secção de voto Tiago Mayan tem 100% dos votos".
10:00 | 17/01
Normas da DGS a ter em conta

Segundo as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde para as eleições, para ir votar, seja hoje ou no próximo domingo, os eleitores terão de usar máscara e, preferencialmente, levar uma caneta, por uma questão sanitária e de higiene.

É preciso desinfetar as mãos antes de votar e depois de votar. E os membros das mesas têm que usar máscara e/ou viseira ou óculos de proteção.

É aconselhado que, enquanto se espera para votar, os eleitores respeitem a distância de segurança.
10:00 | 17/01
Os portugueses começam a votar para as presidenciais este domingo. Comparando com as legislativas de 2019, o número de pessoas que se inscreveram para votar uma semana antes mais do que quadruplicou - há dois anos foram 56.287, para estas presidenciais foram 246.880.

Depois da experiência de 2019, o voto antecipado em mobilidade alargou-se, das capitais do distrito para as sedes dos concelhos, e o objetivo é simples: evitar grandes concentrações de pessoas devido à epidemia de covid-19 no país.

Na prática, a votação é distribuída, por dois dias, embora a esmagadora maioria vá votar no próximo domingo.
Direção-Geral da Saúde Portugal política eleições eleições presidenciais partidos e movimentos
Ver comentários