Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Mais votos e vereadores

Conquistar mais uma autarquia. Este era o grande objectivo do CDS-PP para a noite eleitoral, mas o partido falhou ontem, para já, a Câmara de Mondim de Basto (Vila Real). Ponte de Lima (Viana do Castelo) continua a ser assim a única autarquia democrata-cristã. Mesmo assim, Paulo Portas encarou as eleições autárquicas com espírito de vitória: "Conseguimos mais vereadores, mais deputados municipais, mais votos e reforçámos a nossa presença nas autarquias."
12 de Outubro de 2009 às 02:00
Paulo Portas destacou a subida “moderada” nas autarquias
Paulo Portas destacou a subida “moderada” nas autarquias FOTO: António Cotrim/Lusa

Pela primeira vez nos últimos 15 anos, o CDS-PP cresceu nas autarquias. 'O poder autárquico está concentrado em três partidos. Romper este cerco é especialmente difícil, mas desta vez o CDS subiu em tudo', sublinhou Paulo Portas, anunciando que o partido conquistou, em relação a 2005, mais dez vereadores e mais 39 deputados municipais. Isto numa altura (23h30) em que estavam apurados resultados de 88% das freguesias.

Para Paulo Portas não há dúvidas de que os votos no CDS-PP foram decisivos em várias cidades como Faro, Felgueiras, Porto e Aveiro. 'O CDS foi extremamente importante para que as coligações vencessem', destacou.

Com as primeiras projecções, a expectativa era grande, e tudo apontava para que o CDS-PP conquistasse mais uma autarquia: Mondim de Basto. Mas à medida que se contavam os votos a esperança foi--se desvanecendo. Apesar de faltar apurar os votos de 935 eleitores da freguesia de Ermelo – a votação será domingo devido à morte do marido da candidata do PSD, assassinado pelo candidato do PS, muito dificilmente o CDS poderá conquistar a autarquia – está 417 votos atrás dos socialistas.

FRASES

'Partido contribuiu positivamente para que câmaras não fossem perdidas ondecelebrou coligações.'

Paulo Portas

'Passamos a tervereadores em bastantes mais concelhos por todo o Portugal.'

idem

'Quem participou nesta campanha[em Lisboa], e logoà partida o doutor Santana Lopes, pode estar de consciênciaabsolutamente tranquila.'

Telmo Correia

'MAIS DEMOCRACIA E MENOS CACIQUISMO'

Portas votou cedo, em Lisboa,e apelou aos eleitores para fazerema sua escolha 'em liberdade e em consciência' para que o poder local seja 'mais democrático e com menos caciquismo'. Pela primeira vez em décadas o CDS será representado nas assembleias municipais de Setúbal, Almada, Seixal e Loures. Conseguiu eleger vereadores pela primeira vez em Mourão, Angra do Heroísmo e Câmara de Lobos.

POSITIVO

Mais votos e mais mandatos do que em 2005 fizeram o CDS-PP subir, em eleições autárquicas, pela primeira vez em 15 anos.

Reforço da votação em Ponte de Lima, a autarquia emblemática do CDS-PP, apesar da não-recandidatura de Daniel Campelo.

NEGATIVO

Apressou-se a divulgar a possibilidade de vitória em Mondim de Basto, onde ficou atrás do PS. Ficou aquém do esperado em Mirandela.

Paulo Portas falhou (por 400 votos) ser eleito presidente da Assembleia Municipal de Arouca. Mas garante que será deputado municipal.

Ver comentários