Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Major desafia

Valentim Loureiro, candidato independente à Câmara de Gondomar, afirmou ontem que não pode ser expulso do PSD e que o processo é “ilegal”.
6 de Setembro de 2005 às 00:24
Valentim Loureiro
Valentim Loureiro FOTO: arquivo cm
Segundo o major, “o máximo” que lhe pode acontecer por ser candidato numa lista concorrente à do partido é “perder a qualidade de militante”, disse, admitindo disputar a liderança com Marques Mendes.
“Depois de tudo aquilo que ele me fez, se calhar ele obrigava-me a ter de disputar com ele (...) o cargo que agora ocupa”, declarou em conferência de Imprensa no PSD/Gondomar.
O major aproveitou para lançar um repto ao líder do partido: “Tenha a humildade de discutir comigo, já que nunca foi capaz de me enfrentar nem de debater estas questões da minha candidatura”, disse.
E prosseguiu no mesmo tom: “Saia dos seus tamancos de convencido, porque estou muito aborrecido consigo. Faça você o que fizer, quando deixar de ser militante gostava de lhe dizer que você foi a maior infelicidade para o PSD e não está à altura das responsabilidades”.
Depois, Valentim supreendeu tudo e todos ao anunciar que “o PS tem uma maioria absolutíssima e não tem que se preocupar com este pequeno líder”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)