Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Marcelo dá máscaras e puxa orelhas a jovens devido ao coronavírus

Presidente da República pediu novamente para que os mais novos sejam “um exemplo”.
Andresa Pereira 21 de Junho de 2020 às 09:38
Marcelo foi a Queluz e usou luvas e máscara
Marcelo foi a Queluz e usou luvas e máscara FOTO: Miguel Figueiredo Lopes/Presidência da República
O Presidente da República continua preocupado com os recentes maus exemplos dos jovens durante a pandemia da Covid-19 e alertou que "é a juventude que está na primeira linha do combate à pandemia e não os mais velhos".

Durante uma ação de sensibilização na tarde de ontem, organizada pelo Conselho Nacional de Juventude, Marcelo Rebelo de Sousa percorreu o Parque Urbano de Queluz, no concelho de Sintra, e deu máscaras a quem não tinha, ao mesmo tempo que dava conselhos às crianças e jovens que por ali passeavam e não cumpriam qualquer medida de distanciamento social. "Gostas muito da avó? A avó também deve gostar muito de ti, por isso usa a máscara" ou "cuidado com os ajuntamentos, vocês são família tudo bem, mas há pessoas que já têm uma família enorme nos últimos dias" foram algumas das frases que o Presidente da República disse a quem passeava pelo parque.

"Estamos no concelho de Sintra, um dos mais afetados pela Covid-19 nas últimas semanas. Quero relembrar que estamos no mesmo barco e no mesmo mundo. Ao contrário do que muitos pensam, é a juventude que está na primeira linha do combate à pandemia e não os mais velhos", disse Marcelo Rebelo de Sousa. "São os jovens que têm de dar o exemplo, no distanciamento e não irem amontoados para as praias e para as festas", apelou o Chefe de Estado, fazendo assim referência às festas ilegal de Lagos e de Carcavelos.

Mas os avisos não ficaram por aqui: "Existem minorias que acham que como passámos ao desconfinamento, que acabou a pandemia, que tudo podem fazer sem pensar nos outros. Não é nada assim. Jovens, ajudem ainda mais nesta fase. Deem mais exemplo que os outros", rematou o Presidente da República.

Quem também esteve nesta visita de sensibilização e quis apelar novamente aos jovens foi a ministra da Saúde. "Acho que não podemos desperdiçar o enorme esforço que os portugueses fizeram nos últimos meses. Os jovens não podem ser um problema, eles têm que ser a solução", afirmou Marta Temido já no final da visita.

PORMENORES
Foco do vírus
Nas últimas semanas a Região de Lisboa e Vale do Tejo tornou-se no foco da Covid-19. O primeiro-ministro reúne-se amanhã com autarcas e autoridades de saúde para debater medidas para a região.

Cercas sanitárias
Apesar do grande aumento do número de casos confirmados na região de Lisboa e Vale do Tejo, a ministra da Saúde afirmou ontem que impor cercas sanitárias não é opção.

Concelho de Sintra
O autarca de Sintra, Basílio Horta, fez questão de acompanhar o Chefe de Estado na ação de sensibilização em Queluz.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários