Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Marcelo diz que avançar já com regionalização é "colocar carro à frente dos bois"

Para o Chefe de Estado isto pode ser "um erro irreversível", até para quem defende o processo.
Lusa 29 de Novembro de 2019 às 18:14
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: António Pedro Santos/Lusa
O Presidente da República avisou esta sexta-feira que começar já a pensar na regionalização para avançar em 2022 é "colocar o carro à frente dos bois" e pode ser "um erro irreversível", até para quem defende o processo.

"Colocar o carro à frente dos bois, ou querer dar o passo mais largo do que a perna, pode ser um erro irreversível. Pode querer dizer chegar ao fim do caminho sem garantia da sua viabilização [da regionalização] pelo incumprimento de fases precedentes", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, na sessão de abertura do XXIV congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), que se realiza hoje e no sábado em Vila Real.

O chefe de Estado lembrou que, na campanha das legislativas, não surgiram "propostas firmes de revisão da Constituição" que suportem a realização de um referendo, que não foram apresentadas "posições" concretas sobre a regionalização e alertou para a necessidade de aprofundar a descentralização, que "avançou na lei, mas falta chegar às pessoas".

Marcelo Rebelo de Sousa política constituição referendo autoridades locais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)