Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Marcelo pede leis e meios para que Portugal não volte a baixar nos índices de combate à corrupção

PR diz que não bastam leis, também é preciso haver "meios de investigação".
Lusa 29 de Abril de 2021 às 15:02
Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar a decisão instrutória da 
operação Marquês
Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar a decisão instrutória da 
operação Marquês FOTO: MANUEL DE ALMEIDA/lusa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu hoje um esforço coletivo com leis e meios de investigação para que Portugal não volte a baixar nos índices comparativos de combate à corrupção.

"O que for necessário fazer em termos de lei deve ser feito, e quanto mais depressa melhor", declarou o chefe de Estado, em resposta a questões dos jornalistas, na sede da Ordem dos Médicos, em Lisboa, no final da cerimonia de entrega do Prémio Bial de Medicina Clínica 2020.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou, entanto, que não bastam leis, também é preciso haver "meios de investigação, recursos para aplicar as leis", porque "há ótimas leis que depois provam mal ou provam pouco por dificuldade de aplicação".

Marcelo Rebelo de Sousa política Portugal governo (sistema) crime lei e justiça leis executivo (governo)
Ver comentários