Sub-categorias

Notícia

Marcelo prefere acordos difíceis em vez de ruturas

Chefe de Estado falava de política externa, mas aviso surge numa altura de maior crispação parlamentar.
Por Diana Ramos|11.06.18
Foi um discurso muito curto, mas carregado de simbologia, dentro e fora de portas.
Marcelo prefere acordos difíceis em vez de ruturas

O Presidente da República assinalou este domingo o 10 de junho em Ponta Delgada, nos Açores, lembrando que os portugueses preferem a "paciência dos acordos, mesmo se difíceis, à volúpia das ruturas, mesmo se tentadoras".

As palavras de Marcelo Rebelo de Sousa fizeram pontaria direta às decisões mais erráticas do Presidente norte-americano, Donald Trump, lembrando que a estratégia da diplomacia portuguesa é a do diálogo e manutenção de laços com os Estados Unidos (EUA).

As pontes que o Chefe de Estado apregoou também podem ser lidas como um apelo aos partidos com assento parlamentar, numa altura em que PCP e BE endurecem o discurso e a contestação social.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!