Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

"É o primeiro-ministro quem escolhe os seus colaboradores": Marcelo sobre polémica com Pedro Nuno Santos

Em causa está a anulação do despacho dos aeroportos publicado esta quarta-feira pelo Ministério das Infraestruturas.
Correio da Manhã 30 de Junho de 2022 às 20:12
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Reuters
O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou esta quinta-feira em Belém, no dia que fica marcado pela polémica entre o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, e o primeiro-ministro, António Costa, defendendo que é o priemiro-ministro quem escolhe "os seus colaboradores".

Em causa está a anulação do despacho dos aeroportos publicado esta quarta-feira pelo Ministério das Infraestruturas.

Em declarações aos jornalistas a partir do Palácio de Belém, em Lisboa, Marcelo voltou a afirmar, como já tinha sido avançado pelo primeiro-ministro, que o despacho já estava revogado. "Hoje já foi revogado ou irá ser revogado", afirmou Marcelo.

"Revogado o despacho, como é que será o futuro?", questionou, defendendo em seguida que há "três condições" que têm de ser preenchidas: tem de ser "uma decisão relativamente rápida", tem de ser "uma matéria consensual" e "depois tem de ser consequente".

"E é o primeiro-ministro que, naturalmente, é responsável por isso, pela escolha, mais feliz ou menos feliz, pela avaliação que a cada momento faz, mais feliz ou menos feliz, dos seus colaboradores relativamente às melhores hipóteses que têm para realizar os objetivos", acrescentou.
Ver comentários
}