Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Marcelo autoriza Lobo Xavier a apoiar Cavaco

Aceita quebrar sigilo para dissipar dúvidas sobre opinião do antecessor.
Cristina Rita 16 de Julho de 2016 às 14:55
Marcelo Rebelo de Sousa presidiu pela segunda vez o Conselho de Estado no passado dia 11 e debateu o Brexit
Marcelo Rebelo de Sousa presidiu pela segunda vez o Conselho de Estado no passado dia 11 e debateu o Brexit FOTO: Tiago Petinga / Lusa
O Presidente da República autorizou Lobo Xavier, conselheiro de Estado, a esclarecer em público que o ex-Chefe de Estado Cavaco Silva não legitimou a aplicação de sanções a Portugal na intervenção no Conselho de Estado de dia 11 de julho.

O ex-dirigente do CDS ligou a Marcelo Rebelo de Sousa a pedir autorização para repor a verdade sobre o encontro, que é sigiloso. O Presidente aceitou, pois "a onerabilidade é um valor mais importante do que o sigilo". Mas Marcelo garante não ter ficado incomodado com o caso.

A "indignação" no Conselho de Estado está a alastrar-se e vários conselheiros temem que as suas intervenções possam ser usadas de forma errada. "Todos os membros do Conselho de Estado ficariam expostos à má-fé de quem quisesse usar calúnias e ninguém se sentiria à vontade para exprimir uma opinião lá dentro" se a questão não ficasse esclarecida, afiançou ao CM um dos conselheiros.

Cavaco não falou de sanções, apurou o CM, mas abordou a saída do Reino Unido da UE, os efeitos para Portugal e os compromissos europeus, o que foi interpretado por alguns conselheiros – segundo o ‘Público’ – como uma forma de legitimar as sanções de Bruxelas ao País por défice excessivo.
Presidente da República Lobo Xavier Cavaco Silva Portugal Conselho de Estado CDS Marcelo Rebelo de Sousa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)