Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Marcha lenta contra portagens na Via do Infante

Cerca de 1.500 pessoas estão concentradas este sábado no Parque das Cidades, em Faro, seguindo depois em marcha lenta para a Via do Infante, em protesto contra as portagens naquela via que liga Vila Real de Santo António e Lagos, prevista para 15 de Abril.
19 de Março de 2011 às 16:21
Macário Correia integra o protesto
Macário Correia integra o protesto FOTO: d.r.

A acção de protesto convocada pela Comissão de Utentes da Via do Infante e Movimento de Luta Contra as Portagens estava marcada para as 15h00, mas os organizadores decidiram atrasar a partida, dada a grande afluência de pessoas, oriundas de vários pontos do Algarve.  

Com concentrações agendadas em vários pontos da região, os organizadores aguardam a participação de milhares de pessoas na marcha lenta que vai concentrar-se junto às entradas e saídas da A2, na tentativa de bloquear aqueles acessos.  

Macário Correia (PSD), presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e presidente da Câmara Municipal de Faro, integra a concentração de Faro, porque considera que "a introdução de portagens foi feita de forma anárquica, sem que fossem ouvidos os autarcas".  

"É uma medida que prejudica economicamente e turisticamente a região e quero manifestar o meu desagrado ao lado das populações", justificou Macário Correia.

marcha lenta a22 via do infante faro algarve vila real de santo antónio sagres macário correia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)