Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Marco António Costa: Atual PS é o mais radical da história da democracia

Vice-presidente do PSD realça "herança e problemas que [os socialistas] deixaram ao país".
6 de Dezembro de 2014 às 22:56
Vice-presidente do PSD, Marco António Costa
Vice-presidente do PSD, Marco António Costa FOTO: José Coelho/Lusa

O vice-presidente do PSD, Marco António Costa, afirmou este sábado que o atual PS é o "mais radical da história da democracia de Portugal", o qual, considerou, "quer governar com toda a extrema-esquerda".

"Esse PS que hoje se apresenta aos olhos dos portugueses é o PS mais radical da história da democracia em Portugal. É um PS que quer governar com toda a extrema-esquerda, querem escolher como parceiros de governação aqueles que querem Portugal fora do euro, aqueles que querem rasgar pacotes internacionais", disse.


Marco António Costa falava na vila da Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, durante uma tradicional lagarada do PSD e na qual também participou o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho. Ao longo da intervenção Marco António Costa deixou duras críticas aos socialistas pela "herança e problemas que deixaram ao país" e pela falta de " um único gesto e uma única atitude de colaboração para resolver problemas", motivos pelos quais considerou que não devem agora falar de humanismo.

PSD Marco António Costa PS radical história democracia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)