Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Maria de Belém defende aprofundamento das autonomias regionais

Candidata diz esperar obter um bom resultado nas regiões autónomas.
21 de Dezembro de 2015 às 16:20
A candidata presidencial, Maria de Belém
A candidata presidencial, Maria de Belém FOTO: Arménio Belo/Lusa
A candidata presidencial Maria de Belém afirmou esta segunda-feira, no Funchal, que o país deve continuar a trabalhar no sentido de aprofundar as autonomias dos Açores e Madeira e disse que espera obter um bom resultado eleitoral nestas regiões.

"Atribuo uma grande importância [às regiões autónomas]. Isto é território nacional, com um governo próprio, em relação ao qual tem havido um crescente aprofundamento", realçou Maria de Belém, sublinhando que o desenvolvimento que se sente na Madeira e nos Açores é "muito importante" e que se deve continuar a trabalhar no sentido de aprofundar o sistema autonómico.

A candidata encontra-se este segunda-feira de visita à Madeira, no âmbito da campanha para as eleições presidenciais de janeiro de 2016, tendo já reunido com os presidentes das câmaras municipais do Funchal, Paulo Cafôfo, e de Machico, Ricardo Franco.

Estas autarquias são lideradas pelo PS, embora no caso do Funchal ocorra em coligação com o BE, o PTP, o MPT e o PAN.

Confiança de todos os quadrantes políticos
Maria de Belém, ex-presidente do PS e antiga ministra da Saúde e da Igualdade, disse, no entanto, que espera obter confiança de todos os quadrantes políticos e não apenas do Partido Socialista.

"Uma candidatura presidencial é uma candidatura suprapartidária, é uma candidatura que releva da iniciativa de cada um de nós, e, portanto, confio que de todos os quadrantes haja pessoas que apostam nesta candidatura como uma candidatura vencedora", declarou esta manhã, antes de iniciar um passeio pelas ruas da baixa do Funchal, situação que se repetiu mais tarde na cidade de Machico.

A candidata disse, ainda, que espera obter um bom resultado eleitoral na Madeira, realçando que a sua candidatura é "forte e diferente" e "aposta muito nas pessoas em função do conhecimento muito profundo que eu tenho do país e dos problemas das pessoas".

Nesta deslocação à Madeira, Maria de Belém visitou a Santa Casa da Misericórdia de Machico e, no final da tarde, vai reunir-se com o reitor da Universidade da Madeira.
Maria de Belém Funchal Açores Madeira política partidos e movimentos eleições presidenciais
Ver comentários