Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Marinho e Pinto diz que próximos quatro anos serão difíceis

Presidente do PDR diz que projeções "apontam para uma radicalização aos extremos".
4 de Outubro de 2015 às 21:57
Marinho e Pinto, presidente do Partido Democrático Republicano
Marinho e Pinto, presidente do Partido Democrático Republicano FOTO: Lusa
O presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), António Marinho e Pinto, disse este domingo que as projeções dos resultados eleitorais "apontam para uma radicalização aos extremos", considerando os próximos quatro anos "difíceis" para os portugueses.

"As primeiras projeções apontam para uma radicalização aos extremos. Os quatro partidos que em 2011 se uniram para derrubar um governo de centro esquerda e que criaram as condições para que viesse a 'troika' para Portugal saem hoje vitoriosos", afirmou Marinho e Pinto, na sede de candidatura do PDR, em Lisboa.

O presidente do PDR considerou que se vai "entrar numa época muito complicada para os portugueses e difícil".
António Marinho e Pinto PDR Partido Democrático Republicano política eleições legislativas
Ver comentários