Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Mário Lino ataca oposição

O ministro das Obras Públicas acusou ontem a oposição de “falta de sentido de responsabilidade” e de “prestar um mau serviço ao País” ao criar dificuldades ao Governo nas negociações para obtenção de fundos comunitários para a construção da Ota.
23 de Março de 2007 às 00:00
“Se a sua intenção [do PSD] é criar dificuldades ao Governo na obtenção de fundos comunitários é um mau serviço que presta ao País”, disse o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações no final de uma reunião dos 27 em Bruxelas.
Mário Lino afirmou estar “muito triste” com a postura “incompreensível” assumida pelo PSD de “falta de estratégia” e “falta de sentido de responsabilidade” na questão da Ota.
O ministro defendeu tratar-se de um projecto em que existem todas as condições para haver um “consenso nacional” do qual o PSD, que no passado deu uma “grande contribuição”, também beneficiaria.
“Mas não, o PSD resolveu fazer uma mudança de 180 graus na sua posição. Isto é triste e incompreensível”, insistiu Mário Lino.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)