Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

MARTINS DA CRUZ PREOCUPADO COM IMPASSE NA NATO

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, António Martins da Cruz, está preocupado com o arrastar do impasse na NATO para tentar chegar a acordo sobre o pedido feito pelos EUA do reforço de protecção à Turquia, face à eventualidade deste país sofrer retaliações iraquianas em caso de uma intervenção armada no Iraque.
13 de Fevereiro de 2003 às 09:38
MARTINS DA CRUZ PREOCUPADO COM IMPASSE NA NATO
MARTINS DA CRUZ PREOCUPADO COM IMPASSE NA NATO
Depois de anteriormente ter desvalorizado o impasse provocado pelo veto da França, Alemanha e Bélgica ao pedido norte-americano, classificando-o como uma “mini-crise”, o governante português está agora preocupado com a eventualidade de poder vir a ocorrer algo mais grave no seio da Aliança Atlântica, caso os 19 embaixadores da NATO não cheguem a acordo.

“Quando falei em mini-crise, pensava que era uma crise ‘gerível’ e não assumiria uma amplitude que continuasse a dividir os aliados, mas parece que está a assumir”, sublinhou Martins da Cruz, adiantando que “as cores hoje são de um cinzento mais carregado do que eram ontem” e que “essas cores podem vir a ficar mais carregadas”.

O responsável pela diplomacia portuguesa teme que a falta de um acordo no seio da Aliança Atlântica possa vir a afectar Portugal, atendendo a que a segurança nacional passa obrigatoriamente pela NATO. “Os portugueses têm que ter a consciência de que Portugal não tem meios suficientes para a sua defesa se for atacado com armas com novas tecnologias.”

Referindo-se ao artigo V do tratado que levou à formação da Aliança Atlântico, segundo o qual se um Estado-membro for atacado, todos os restantes são atacados, Martins da Cruz teme que o veto da França, Alemanha e Bélgica possa pôr em causa esse princípio de solidariedade a um aliado, o que teria “consequências muito negativas” para um país como Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)