Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Médicos vão às escolas

Para fazer face “aos graves problemas sociais” que, diz Manuel Maria Carrilho, Lisboa enfrenta, o candidato propõe a criação de um ‘Programa integrado de garantias sociais’, que mais não é do que um compromisso de tornar efectivos os direitos dos munícipes, entre os quais destacamos a segurança e a educação.
26 de Setembro de 2005 às 00:00
Manuel Maria Carrilho
Manuel Maria Carrilho FOTO: Arquivo CM
Assim, para concretizar o direito à educação, o candidato quer criar uma “rede de excelência” de escolas e jardins de infância: estabelecimentos com equipamentos e instalações requalificadas e geridas por “uma empresa de prestígio que se assumirá como ‘Patrono’” da escola. Carrilho compromete-se a arrancar com o ‘Patrono’ nas 20 escolas mais necessitadas da cidade. Mais, compromete-se a estabelecer um protocolo com o Ministério da Saúde para que a rede municipal de escolas disponha de um serviço de saúde que “actue no âmbito preventivo, no início dos períodos escolares, e no âmbito do diagnóstico e pequenas intervenções terapêuticas”, evitando interrupções no trabalho dos pais e garantindo um rápido encaminhamento das crianças ao hospital.
O direito à segurança na rua concretiza-se, segundo o candidato, alargando o policiamento de proximidade a todas as freguesias, instalando videovigilância em zonas perigosas e eliminando barreiras arquitectónicas. E o direito à segurança nas habitações impõe contratos entre a Câmara e o LNEC e/ou Instituto Superior Técnico para realização de um inventário de prioridades de intervenção – leia-se obras. Ainda no domínio da segurança em casa, Carrilho propõe a criação de um programa de combate ao isolamento dos mais velhos, que passa pelo acolhimento voluntário e temporário, por parte do idoso, de um “estudante, polícia, outros trabalhadores”, sendo que a mediação entre os dois será feita pela autarquia. A construção de residências assistidas é outras das medidas destinadas aos mais velhos, tal como a criação do Provedor do Idoso.
Carrilho quer ainda construir oito praças, fechar a CRIL e reformular ou construir uma série de nós na rede viária da cidade.
MAIS PROJECTOS
AVENIDA
O programa do candidato socialista prevê a retoma e revisão do Plano da Avenida da Liberdade, em articulação com a solução proposta para o Parque Mayer.
PAIS
Carrilho quer apoiar as escolas e associações de pais na elaboração de ‘Planos de acessibilidade às escolas’, em parceria com outras instituições (Prevenção Rodoviária Portuguesa, Organizações Não Governamentais) e Ministério da Educação.
BAIRROS
Revitalização dos bairros antigos, das maiores colinas (Castelo, Alfama, Mouraria, Madragoa, Bairro Alto, Santa Clara e Graça), passa por subsistemas de circulação e ruas exclusivamente pedonais.
Ver comentários