Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Militantes do Bloco de Esquerda contestam liderança de Catarina Martins

Ex-deputados e ex-dirigentes da UDP disputam direção do BE na convenção de 2020.
Salomé Pinto 9 de Dezembro de 2019 às 09:20
A líder do BE, Catarina Martins, garantiu que “há uma enorme unidade” durante uma visita à Feira do Relógio, em Lisboa
Catarina Martins, Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A líder do BE, Catarina Martins, garantiu que “há uma enorme unidade” durante uma visita à Feira do Relógio, em Lisboa
Catarina Martins, Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A líder do BE, Catarina Martins, garantiu que “há uma enorme unidade” durante uma visita à Feira do Relógio, em Lisboa
Catarina Martins, Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A plataforma ‘Convergência’, que junta militantes do BE de diversas tendências descontentes com o partido, vai disputar a liderança de Catarina Martins na próxima convenção do BE que se realiza no próximo ano.

"Queremos construir uma alternativa para o BE, é preciso mudar o chip da geringonça e construir um BE independente do PS", anunciou o ex-deputado Pedro Soares durante o primeiro encontro da ‘Convergência’, que reuniu mais de 200 militantes de todo o País, em Lisboa.  


Antigos dirigentes da UDP, como Mário Tomé, estavam entre os contestatários que trocaram a estrela do BE pelo elefante vermelho, símbolo que esteve na origem do partido. "Não queremos ser o elefante na sala, mas a imagem não me desagrada de todo", afirmou João Madeira, bloquista desde a fundação. O "objetivo não é criar uma cisão interna ou formar um novo partido", ressalvou. Mas "não queremos que a política seja imposta por um pequeno diretório", atirou Pedro Soares.

À margem do encontro, numa visita à Feira do Relógio, em Lisboa, Catarina Martins disse que "a forma certa dos partidos estarem" é ter "pessoas que digam o que querem dizer", considerando que, "neste momento, há uma enorme unidade".

PORMENORES
Votação do Orçamento
O sentido de voto sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", afirmou este domingo a coordenadora do BE, Catarina Martins.

Mais habitação acessível
Catarina disse que está "a trabalhar" com a Câmara de Lisboa para que as novas construções e reabilitações tenham pelo menos 25% para renda acessível.

Bloco nasceu há 20 anos
O Bloco de Esquerda foi fundado a 24 de março de 1999 por Luís Fazenda (UDP), Francisco Louçã (PSR), Miguel Portas (PXXI) e Fernando Rosas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)