Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Militares têm corte salarial em Janeiro

O Governo vai reduzir os salários de cerca de quatro mil militares das Forças Armadas, a partir do final deste mês, para os valores que auferiam em 2009.
5 de Janeiro de 2012 às 01:08

O corte nos ordenados é uma consequência do reposicionamento na tabela remuneratória, segundo determina um despacho assinado na sexta--feira passada, véspera do Fim de Ano, pelos ministros das Finanças e da Defesa, Vítor Gaspar e José Pedro Aguiar Branco.

A redução salarial devia ter sido aplicada a partir de Novembro de 2011, mas, "atentas as dificuldades técnicas verificadas na execução das determinações" dadas pelo Governo em Setembro, será aplicada, com efeito, a partir de 1 de Janeiro de 2012. A decisão surge na sequência das auditorias da Inspecção Geral de Finanças ao Exército, Marinha e Força Aérea, em 2010, que detectaram irregularidades e ilegalidades. Ontem, no final de uma reunião com o ministro da Defesa, o chefe do Estado-maior General das Forças Armadas, Luís Araújo, afirmou que os militares "vão cumprir com o estabelecido".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)