Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

MINISTROS QUERIAM 50 CARROS

Insatisfeitos com os automóveis dos antigos ministros de Durão Barroso, vários membros do Governo Santana Lopes solicitaram à Direcção-geral do Património 50 viaturas novas. Sucede que, e de acordo com a notícia avançada ontem pelo ‘Portugal Diário’, o secretário de Estado do Tesouro, Miguel Morais Leitão, “disse que não havia dinheiro para tantas viaturas novas”.
25 de Agosto de 2004 às 00:00
O responsável do CDS comunicou ainda aos seus colegas que as finanças públicas apenas permitiam três veículos novos. Nem mais um. E que sendo assim o melhor era ficarem todos com os carros usados pelos ministros anteriores.
Alguns ministros não gostaram da decisão do secretário de Estado do Tesouro e puseram os assessores a telefonar para a Direcção-Geral do Património de forma a pressionar Morais Leitão a mudar de ideias.
Nas últimas décadas tem sido prática os governos recém-empossados pedirem viaturas novas, mas um Executivo costuma estar em funções durante quatro anos. Este Governo parece ter-se esquecido que sucedeu a um Executivo que esteve pouco mais de dois anos no poder.
O CM tentou contactar com os gabinetes do primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, e do ministro das Finanças, Bagão Félix, mas ambos se mostraram indisponíveis para comentar a notícia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)