Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Mónica Ferro defende texto por esclarecer dúvidas

Em causa relatório preliminar da comissão de inquérito à compra de material militar.
3 de Outubro de 2014 às 14:39
Há questões só possíveis de clarificar por instâncias judiciais
Há questões só possíveis de clarificar por instâncias judiciais FOTO: Rui Miguel Pedrosa 

A deputada do PSD Mónica Ferro defendeu esta sexta-feira o relatório preliminar da comissão de inquérito à compra de material militar por esclarecer dúvidas com mais de 10 anos, embora reconhecendo questões só possíveis de clarificar por instâncias judiciais.


Admitindo ainda, em registo informal, "poucas competências informáticas" para justificar o atraso de cerca de oito horas na entrega do documento na Assembleia da República, a parlamentar social-democrata destacou as "165 horas e 15 minutos" de reuniões, divididas por 62 sessões, com "mais de 50 depoentes ao vivo e três por escrito", totalizando "mais de uma centena de peças para o acervo documental".


"Foram inquiridas e esclarecidas questões que, há mais de uma década, eram tema de polémica e foram encontrados factos que revelam a verdade e a cronologia de atuação do Estado nesta área", afirmou em conferência de imprensa.



mónica ferro dúvidas esclarecimento material militar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)