Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

MONTEIRO REVELA PACTO PS/PSD

Manuel Monteiro acusou ontem o PS e o PSD de terem combinado divergir na data do referendo sobre a futura Constituição Europeia para impedir a consulta popular.
17 de Outubro de 2003 às 00:00
Manuel Monteiro
Manuel Monteiro FOTO: d.r.
"Há um acordo táctico entre PSD e PS para que o referendo não se faça. A questão da data que cada um propõe é instrumental, não é circunstancial", afirmou o futuro líder da Nova Democracia, durante a inauguração da sede de Lisboa do partido.
Antes da conferência de imprensa, Monteiro foi à residência oficial do primeiro-ministro e à sede do PS entregar uma carta a Durão Barroso e Ferro Rodrigues, desafiando os dois líderes a assinarem uma petição que o seu partido está a elaborar. O objectivo é o de recolher as 75 mil assinaturas necessárias para a realização de um referendo. "Vou estar atento para ver se o primeiro-ministro e o líder do PS assinam ou não a petição", avisou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)