Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Noronha quer escutas

Noronha do Nascimento, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, pediu ontem ao juiz Carlos Alexandre que lhe envie a extensão procedimental onde constam as conversas gravadas entre Armando Vara, ex-vice-presidente do BCP, e o primeiro-ministro, José Sócrates, no âmbito do processo ‘Face Oculta’.
4 de Março de 2011 às 00:30
Carlos Alexandre mantém escutas guardadas no tribunal
Carlos Alexandre mantém escutas guardadas no tribunal FOTO: Sérgio Lemos

O pedido não é claro e não está especificado se terão de ser enviados os CD com as gravações das conversas – suportes magnéticos que Carlos Alexandre mantém no tribunal e que Noronha do Nascimento quer ver destruídos. A justificação dada por Noronha do Nascimento é que necessita de "apreciar expediente entretanto recebido".

Também ontem a defesa de Paulo Penedos voltou a contestar a ordem de Noronha do Nascimento de destruir as polémicas escutas.

Segundo o requerimento entregue no Tribunal Central de Instrução Criminal pelo advogado de Paulo Penedos, Noronha não poderia ter rejeitado o seu recurso, atendendo a que o mesmo não lhe tinha sido enviado. "Não lhe cabe admitir ou deixar de admitir tal reclamação, porque tal peça processual não lhe é dirigida, como, aliás, decorre do mais elementar bom senso", diz mesmo Ricardo Sá Fernandes.

FACE OCULTA NORONHA DO NASCIMENTO CARLOS ALEXANDRE JUIZ SÓCRATES ARMANDO VARA ESCUTAS
Ver comentários