Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Nova maioria absoluta não seria desejável

Adriano Moreira, ex-presidente do CDS, defendeu ontem que uma nova maioria absoluta nas próximas eleições legislativas seria prejudicial para Portugal.
27 de Agosto de 2009 às 00:30
Adriano Moreira
Adriano Moreira FOTO: Sérgio Lemos

Em declarações à SIC, Adriano Moreira explicou que a "maioria absoluta não seria desejável para que haja alguma hipótese de regressar àquilo que é o objectivo do diálogo parlamentar". Na opinião do professor, as minorias estão mal representadas e a política nacional está a ficar desvirtuada por ataques pessoais. Ainda segundo Adriano Moreira, "numa democracia é preciso que as minorias todas estejam representadas, porque se não forem capazes de se colocarem de acordo sobre o que são as chaves mestras daquela comunidade, então efectivamente não estão a governar".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)