Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

António Guterres condena ataques na Nova Zelândia e expressa condolências

O secretário-geral da ONU salientou ainda que todos se devem "unir contra o ódio antimuçulmano e todas as formas de fanatismo e terror".
Lusa 15 de Março de 2019 às 15:51
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres
António Guterres

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, expressou hoje a sua tristeza e condenou "com veemência" os ataques a duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia que provocaram pelo menos 49 mortos e 48 feridos.

Numa mensagem na rede social Twitter, António Guterres condenou "com veemência a morte de pessoas inocentes enquanto oravam pacificamente em mesquitas" expressando as suas "profundas condolências às famílias das vítimas."

O secretário-geral da ONU salientou ainda que todos se devem "unir contra o ódio antimuçulmano e todas as formas de fanatismo e terror".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)