Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Novas regras nas listas dividem PS

Os candidatos do PS às câmaras e juntas de freguesia estão impedidos de integrar as listas para as Legislativas. Mas a alteração das regras a meio do jogo está a levantar uma onda de contestação e a dividir o partido.
6 de Julho de 2009 às 00:30
Leonor Coutinho critica a alteração das “regras a meio do jogo”
Leonor Coutinho critica a alteração das “regras a meio do jogo” FOTO: Manuel Moreira

'Se o partido queria tomar essa decisão, deveria ter tomado desde o início. Antes das Europeias, em que deixou a acumulação de candidaturas, antes de as pessoas apresentarem as suas candidaturas com regras que eram diferentes', afirmou à rádio TSF, Leonor Coutinho, deputada e candidata do PS a Cascais. E alertou: 'Muitos não estariam dispostos a assumir esses combates [políticos] se soubessem que isso poderia em causa a sua carreira de deputado.'

Mais de dez deputados são candidatos a câmaras, ficando assim fora das listas às Legislativas. A vice-presidente da bancada do PS e candidata à Câmara de Alpiarça, Sónia Sanfona, concorda com o princípio, mas crítica o momento escolhido pelo partido. 'As regras do jogo devem ser definidas antes de se jogar', afirmou Sónia Sanfona, considerando que o PS deu um 'mau exemplo' ao permitir excepções como os casos de Ana Gomes e Elisa Ferreira. Ambas foram candidatas às Eleições Europeias, mas vão disputar as Autárquicas.

Ana Gomes, candidata a Sintra, considerou 'razoável' a proibição de duplas candidaturas e admitiu que a decisão tenha surgido após a polémica criada nas Europeias.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)