Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

NUNO MELO CONTESTA RELATÓRIO SOBRE CAMARATE

“Se eu fosse responsável pela tutela do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA), não aceitava homologar o relatório elaborado pela comissão técnica sobre a tragédia de Camarate”. Esta é a ideia generalizada dos deputados com assento na comissão de inquérito à tragédia do lado da maioria parlamentar (PSD e CDS-PP) sobre o documento que conclui pela tese de acidente.
13 de Fevereiro de 2003 às 00:00
No entanto, nem o presidente da comissão, Nuno Melo (CDS-PP), nem o relator do documento final do inquérito parlamentar, Carlos Rodrigues (PSD), admitem claramente que o referido relatório ‘incomodou’ a comissão, nomeadamente, os parlamentares que comungam da opinião de que a tragédia resultou de um atentado. Certo, é que o relatório “está ferido de morte” e Carlos Rodrigues vai referi-lo no documento final da comissão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)