Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Oposição critica medidas contra a crise

Os partidos da oposição criticaram esta quinta-feira, no Parlamento, as medidas de combate à crise propostas pelo Governo e consideraram irreais as previsões económicas nas quais se baseiam o Orçamento Suplementar e a revisão do Programa de Estabilidade e Crescimento.
29 de Janeiro de 2009 às 18:36
Oposição critica medidas contra a crise
Oposição critica medidas contra a crise FOTO: d.r.

O PSD acusou o Governo de "sobranceria, incompetência e obstinação" por se recusar a reconhecer a desactualização das previsões económicas e do Orçamento de Estado. O deputado Matos Correia sublinhou o "irrealismo" do Governo que "rejeitou teimosamente" previsões económicas de instituições internacionais, para "decorridos menos de dois meses" ter que as alterar.

As críticas ao investimento público previsto pelo Governo foram generalizadas nas diversas bancadas da oposição, com o PCP a estranhar o "corte de 14 por cento" previsto no PEC para 2010 face a 2009, "não obstante este ser já de si insuficiente para fazer face às necessidades do país e ter efeitos positivos no emprego".

Por sua vez, o Bloco de Esquerda questionou a "inexistência de investimentos previstos para a saúde".

A deputada Marta Rebelo, do PS, considerou que o PEC hoje actualizado vai "para lá dos paliativos" e destacou as reformas estruturais empreendidas pelo Governo, dentro da disciplina orçamental.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)