Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Orçamento aprovado com aplausos de pé a Gaspar

O Orçamento do Estado para 2013 foi votado favoravelmente, esta terça-feira, pelo PSD e o CDS-PP. Apesar disso, houve quatro deputados do CDS que apresentaram declarações de voto e um que se mostrou contra: Rui Barreto, eleito pelo círculo da Madeira.
27 de Novembro de 2012 às 13:58
Gaspar foi crítico quanto à postura do PS nesta negociação, acusando o rival de posições divididas, uns com propostas “radicais e aventureiras”, outros mais moderados
Gaspar foi crítico quanto à postura do PS nesta negociação, acusando o rival de posições divididas, uns com propostas “radicais e aventureiras”, outros mais moderados FOTO: Hugo Correia/Reuters

A sessão ficou marcada pelos aplausos de pé da maioria ao discurso político do ministro das Finanças, Vítor Gaspar, que apelou ao "investimento social" e ressalvou a importância de políticas na educação e pensões.

Gaspar foi crítico quanto à postura do PS nesta negociação, acusando o rival de posições divididas, uns com propostas "radicais e aventureiras", outros mais moderados: "As hesitações e ambiguidades do PS são fruto de uma divisão interna", disse sobre o partido liderado por António José Seguro.

Toda a oposição votou contra. Agora, o documento segue para promulgação após a redacção final. De seguida, o Presidente da República tem 20 dias para dar luz verde ou oito dias para pedir a fiscalização de constitucionalidade.

oe 2013 governo psd orçamento cds-pp vítor gaspar ps
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)